Você está aqui: Página Inicial > Contents > Páginas > Organização Acadêmica

Organização Acadêmica

por danielrocha publicado 15/01/2016 10h32, última modificação 13/03/2016 10h26

Organização Acadêmica

por Anielson Barbosa publicado 13/03/2016 10h27, última modificação 13/03/2016 10h27

Objetivos do PGPCI:

 O PGPCI tem como missão formar profissionais com capacidade teórico-analítica, visão crítica dos modelos de desenvolvimento em debate no contexto local, regional, nacional e internacional, por meio da produção do conhecimento da gestão pública e da governança internacional, com ênfase nas políticas públicas, na gestão governamental e social e nos processos de cooperação internacional, utilizando metodologias de pesquisa e de ensino inovadoras, que promovam o desenvolvimento de competências para atuar na pesquisa, no ensino e na prática da gestão pública em âmbito nacional e internacional, ocupando posições no Estado e atuando como agentes de transformação da sociedade. Os objetivos propostos para o curso de mestrado do Programa são os seguintes:

  • Contribuir para o aperfeiçoamento da visão e das práticas de Gestão pública nos níveis regional, nacional e internacional;
  • Contribuir para o aprimoramento da modelagem, implementação e gestão de políticas públicas (planejamento, implementação e avaliação) no Brasil, em especial no Estado da Paraíba e da região Nordeste;
  • Desenvolver pesquisas de alto impacto no interesse público e social em nível nacional e internacional nas linhas de pesquisa do Programa;
  • Formar profissionais com nível de pós-graduação para atuação no ensino e na pesquisa em Gestão Pública e Cooperação Internacional em instituições de educação superior;
  • Contribuir com uma formação inovadora que possibilite uma capacidade de atuar internacionalmente por meio de projetos de cooperação internacional e gestão pública em organismos internacionais.

 

 Perfil do profissional a ser formado pelo Programa:

Os profissionais formados pelo Programa deverão desenvolver as seguintes competências:

  • Conhecer o estado da arte da pesquisa e da teoria acadêmica e profissional sobre Gestão pública e Cooperação Internacional;
  • Compreender as variações epistemológicas e metodológicas da prática científica no campo de ciências sociais e comportamentais;
  • Desenvolver estudos nas linhas de pesquisa do Programa utilizando ferramentas metodológicas adequadas e consistentes;
  • Atuar e liderar um projeto acadêmico em instituições de educação superior, utilizando estratégias inovadoras de ensino, pesquisa e extensão em Gestão pública e Cooperação Internacional;
  • Desenvolver competências de atuação profissional na assessoria ou na liderança de projetos, organizações e políticas públicas em nível regional, nacional e internacional;
  • Desenvolver uma visão internacionalizada, que permita ao profissional conhecer as especificidades das políticas públicas de cunho intergovernamental e de organismos multilaterais.

 

 Total de créditos para titulação

Considerando o sistema de créditos implementados na UFPB (15 horas por crédito teórico e 30 horas por crédito prático), para o curso de Mestrado, o estudante deverá cursar 32 créditos, sendo 15 créditos em disciplinas obrigatórias, 1 crédito de estágio docência e 16 créditos em disciplinas eletivas.

 

 Organização Acadêmica do Curso

 A formação acadêmico-científica dos futuros mestres formados no PCPCI está projetada segundo uma visão de competências, dimensionadas em seis competências globais e subcompetências. A seguir estão indicadas as competências em seis dimensões:

  •  Dimensão de saberes epistemológicos e metodológicos: envolve as disciplinas e atividades orientadas à compreensão da natureza do conhecimento produzido em ciências sociais aplicadas, ao desenvolvimento de capacidades práticas de construção de pesquisas, e à capacidade de aplicação de metodologias quantitativas e qualitativas de pesquisa em trabalhos empíricos na área de concentração do Programa

 

  • Dimensão de saberes teóricos: envolve as disciplinas e atividades desenvolvidas para formação de conhecimentos dos temas centrais, conceitos, abordagens e visões teóricas da área de concentração e das linhas de pesquisa;

 

  • Dimensão de saberes de prática de ensino: envolve as disciplinas de discussão teórica sobre a docência em nível superior, bem como a realização de atividades de exercício prático para atuação docente do egresso mestre;

 

  • Dimensão de saberes de produção escrita: envolve as atividades orientadas a preparar o discente para produzir conteúdos e materiais relacionados à sua atuação como docente (casos para ensino, notas de aula...), e como pesquisador (artigos, position papers, dissertações...).

 

  • Dimensão de saberes de prática de pesquisa: envolve as disciplinas e atividades de prática real de pesquisa para construção de relatórios de diferentes finalidades, em especial artigos e dissertações de mestrado;

 

  • Dimensão de saberes de prática profissional: envolve as disciplinas e atividades de vivência concreta de ações em organizações públicas ou sociais, considerando, especialmente, a linha de estudos do discente a seu projeto de formação.

 

Essas dimensões de competência são formadas a partir de disciplinas, atividades obrigatórias e outras ações a serem empreendidas (seminários, articulação internacional e com outros programas etc.).